Total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

ATOS DE LOUVOR : UMA VIDA COM PROPÓSITO!


Você sabia que os nossos atos de louvor dizem onde depositamos nossa esperança?
Ato é uma ação final: É o exercício da faculdade de agir ou resultado do que se faz = ação
·    Faculdade => Força de vontade, razão, são suas emoções, imaginação, consciência, memória, sexto sentido e os 5 sentidos. Logo, os meus atos de louvor expressam a essência de quem sou.
Gostaria de conversar com vocês sobre os atos de louvor (esperança) de uma personagem que pouco ouvimos falar: Maria, mãe de Jesus.
Escola de Profetas Adoradores
MARIA => Uma jovem simples, que tinha entre 14 e 16 anos de idade, morava em uma pequena aldeia do interior da Galiléia e estava prometida em casamento para José. Ambos eram da tribo de Davi.

LEITURA BÍBLICA: Lucas 1.26-45
26Então, no sexto mês, Deus enviou o anjo Gabriel para Nazaré, uma cidade da Galiléia, 27a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. E o nome da virgem era Maria. 28O anjo chegou ao lugar onde ela estava e ao se aproximar lhe declarou:
Alegra-te, mui agraciada! O Senhor está contigo!” 29Diante de tais palavras, Maria ficou intrigada, imaginando qual poderia ser o motivo daquele tipo de saudação. 30Mas o anjo lhe revelou: “Maria, não temas; pois recebeste grande graça da parte de Deus.
·    Alegra-te (AVE latim), mui agraciada...pois recebeste grande graça: Foi atribuído honra, benefício, favor a Maria, não pelo seu mérito mas pelo propósito de Deus.

·       Intrigada => Era muito comum, naquela época, as pessoas receberem visitação de mensageiros de Deus (para um propósito). Hoje podemos receber visitação, mas temos o próprio Espírito de Deus que habita em nós.
      Maria ficou intrigada (ou até tenha se assustado) com aquela saudação, mas não duvidou. Ela era uma jovem que tinha fé, temente a Deus e cumpria com as cerimônias religiosas da sua época (Obediente e submissa a Deus).

31Eis que engravidarás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. 32Ele será Grande, e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, 33e Ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó, e seu Reino nunca terá fim”.

O que é gerado por Deus tem propósito: Minha faculdade para agir (Força de vontade, razão, emoções, imaginação, consciência, sexto sentido, memória e os 5 sentidos) precisa permanecer no altar de Deus.
O propósito de Deus na vida de Maria era o nascimento do Salvador
Era o propósito de Deus que Jesus viesse ao mundo por causa do pecado da humanidade (separação de Deus).
Com desobediência de Adão e Eva o pecado entrou no mundo, e pelo pecado morte física e eterna tornaram-se realidades.

34Então, perguntou Maria ao anjo: “Como acontecerá isso, pois jamais tive relação sexual com homem algum?” 35Então o anjo lhe esclareceu: “O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. E por esse motivo, o ser que nascerá de ti será chamado Santo, Filho de Deus.

O Salvador viria do Pai Eterno (criador dos céus e da terra) = O Unigênito, o que tem o GEN, o DNA de Deus.
·       Se cumpre aqui Gn 3.15 => “Estabelecerei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o descendente dela; porquanto, este te ferirá a cabeça, e tu lhe picarás o calcanhar”.
Descendente dela = Semente (Grego Sperma) => princípio Vital da reprodução humana por meio do qual transmitem as gerações, as características do pai.
Jesus foi o unigênito do Pai que morreu na cruz para nos dar a salvação e vida eterna. Ao ressuscitar Ele ressuscita como primogênito do Pai, para que nós também pudéssemos fazer parte da família de Deus. Somos filhos, somos herdeiros e co - herdeiros com Cristo. Nós temos, através de Jesus, a genética de Deus.
Logo, o verdadeiro cristão tem as características de Deus e, portanto, não se compatibiliza com nada que procede do diabo ou deste mundo que Jaz do maligno.
·    1João 3.9Todo aquele que é nascido de Deus não se dedica à prática do pecado (ou seja, tem sua faculdade metal depositada submissa a vontade de Deus), porquanto a semente de Deus permanece nele e ele não pode continuar no pecado, pois é nascido de Deus. 10Deste modo, conhecemos quem são os filhos de Deus e quem são os filhos do Diabo.

36Saiba também que Isabel, tua parenta, dará à luz a um filho mesmo em idade avançada, sendo que este já é o sexto mês de gestação para aquela a quem julgavam estéril. 37Porquanto para Deus não existe nada que lhe seja impossível!” 38Diante disso, declarou Maria: “Eis aqui a serva do Senhor; que se realize em mim tudo conforme a tua palavra!”- Em seguida o anjo partiu. 

Nada é impossível para Deus e tudo é possível ao que crê (Mc 9.23). Deus pode tudo e nós não podemos crer duvidando. Ele não pode honrar uma “fé falsa” ou “incompleta”. A verdadeira fé elimina todas as barreiras espirituais. Nós precisamos misturar a fé com a palavra da verdade. Logo, quem ama a Jesus ama a palavra e quem ama a palavra ama Jesus. Porque “Aquele que me ama obedece a minha Palavra” (João 14.23).

41...Durante aqueles dias, Maria preparou-se e saiu rapidamente em viagem para uma cidade da região montanhosa da Judéia. 40Chegou à casa de Zacarias e foi saudar Isabel. 41Assim que Isabel ouviu a saudação de Maria, o bebê agitou-se em seu ventre, e Isabel ficou plena do Espírito Santo. 42E, com um forte grito, exclamou: “Bendita és tu entre todas as mulheres, e bendito é o fruto de teu ventre! 43Mas, qual o motivo desta graça maravilhosa, que me venha visitar a mãe do meu Senhor? 44Pois, no mesmo instante em que a tua voz de saudação chegou aos meus ouvidos, o bebê que está em meu ventre agitou-se de alegria. 45Bem-aventurada é aquela que acreditou que o Senhor cumprirá tudo quanto lhe foi revelado!” 

Foi pelo Espírito Santo que Isabel reconheceu Maria como mãe do Salvador.
Permaneçamos em sintonia com o Espírito Santo para ter uma vida de louvor verdadeira e gerar vida em Deus para a realização dos propósitos DELE através de nós.
Jesus foi gerador por Deus em Maria; MARIA PERMANECEU gerando EM DEUS E gerou PARA DEUS. 
Os atos de Maria demonstravam a quem ela servia. Ela se submeteu a vontade de Deus, não duvidou e creu na palavra.
Independentemente do que você esteja passando você precisa crer e descansar. Só descansa em Deus quem confia na palavra da verdade. Então, declare a palavra da verdade, isso é um ato de fé. O que muda a situação é a palavra de Deus declarada através da sua boca e com a fé inabalável.
Deus supre cada uma das minhas necessidades (Fl 4.19). Tudo posso em Deus que me fortalece (Fl 4.13). Lembrando que a boca fala do que está cheio o coração (Mt 12.34).
A sua felicidade não depende de com quem você está casado, ou qual o tipo de emprego que você tem, ou ainda quanto você tem em sua conta bancária, ou se você tem filhos; a sua felicidade precisa estar em Deus e pautada na palavra da verdade e não no que as pessoas falam para você ou pensam de você.
Deus nos gerou pela palavra da verdade para sermos como os primeiros frutos de tudo o que Ele criou (Tg 11.18).
Então quais são os seus atos de louvor?
Você pode começar mudando toda situação declarando a palavra e a misturando com fé, que serão geradas por Deus em você, em Deus e para Deus.
Que tenhamos atitudes de louvor e venhamos manifestar a essência de quem somos, para o louvor da Glória DELE!
Pra Nadyege Macário
Contato:
21 988889919 (WattsApp - OI)
21 998589668 (wattsApp – Vivo)
@pra_nadyegemacarário (Instagram)
https://www.facebook.com/projetoedificandoadoradores



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

PARA O LOUVOR DA GLÓRIA DE DEUS


"Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus" (1Co10.31).
"Nele (JESUS) temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento. E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.
Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade, a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória" (Ef 1.7-12).

Weverton, goleiro do time de futebol brasileiro e ganhador da medalha olímpica 2016 - Rio, deu testemunho da sua fé: "O ouro é nosso mas a glória é de Deus!"



Pra Nadyege Macário

Salvem Seus filhos!


Disse Jesus:
O ladrão (forma como é chamado por tentar nos roubar a paz e a vida) não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" João 10.10
O objetivo do diabo é destruir o psique e a integridade física, moral e emocional de nossos filhos. 
A formação psicológica, a estrutura comportamental e emocional é formada e estruturada até os 7 anos. Dos 7 até os seus 17 anos a formação será gradativa, conforme a mudança cognitiva. 
A criança e o adolescente serão bombardeados com pensamentos externos podendo tomar suas decisões baseadas na educação e exemplos  que receberam dentro e fora de casa, inclusive, através da sedução espiritual (como mostra o vídeo a baixo).
O diabo, sabedor dessa informação, vem tentando denegrir a imagem de Deus na humanidade (homem e mulher) e o seu alvo principal serão, em primeiro lugar, as crianças e depois os adolescentes.
A Bíblia (Palavra da Verdade, palavra de Deus) nos diz que: "o deus (diabo) deste século cegou o entendimento dos incrédulos" (2 Co 4.4); que "a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais" (Ef 6.12). Que precisamos nos fortalecer no Senhor no seu poder (Ef. 6.11) e pedir sabedoria e discernimento espiritual a Deus.
Ensinem a palavra da verdade (Bíblia), ouçam seus filhos e repreenda toda hoste do mal que tenta roubar a identidade dos seus filhos.
Pais, NÃO SE DISTRAIAM COM A FORMAÇÃO ESPIRITUAL, MORAL E EMOCIONAL dos seus filhos; o diabo não está brincando de ser diabo!
Não tenham medo, somente repreenda todo o espírito maligno, no nome de Jesus, ensine a Palavra da Verdade (Bíblia) e clame por seus filhos.
Só Jesus tem poder de livrar os nossos filhos das garras de satanás!

Ouçam o depoimento desta mãe!





Pra Nadyege Macário

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

O ADORADOR ALIANÇADO COM A VERDADE

Hebreus 9:1,7,8,11,12,15

“Ora, a primeira aliança tinha regras para a adoração e também um tabernáculo terreno. No entanto, somente o sumo sacerdote entrava no Santo dos Santos, apenas uma vez por ano, e nunca sem apresentar o sangue do sacrifício, que ele oferecia por si mesmo e pelos pecados que o povo havia cometido por ignorância. Dessa forma, o Espírito Santo estava mostrando que ainda não havia sido manifestado o caminho para o Santo dos Santos enquanto ainda permanecia o primeiro tabernáculo. Quando Cristo veio como sumo sacerdote dos benefícios agora presentes, ele adentrou o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito pelo homem, isto é, não pertencente a esta criação. Não por meio de sangue de bodes e novilhos, mas pelo seu próprio sangue, ele entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, e obteve eterna redenção. Por essa razão, Cristo é o mediador de uma nova aliança para que os que são chamados recebam a promessa da herança eterna, visto que Ele morreu como resgate pelas transgressões cometidas sob a primeira aliança”.

Aliança de Sangue
1)      Aliança com Deus foi Inaugurada através do Derramamento de Sangue
            a) Aliança (“Berith”- Hebraco)=>  Concerto, Pacto
1.      Aliança = “Berith” é extraída da raiz brith, que significa “ligar”. O termo usado junto a essa palavra no contexto da aliança é “karath”, que quer dizer “cortar”.
a.      “Karath” = Refere-se ao corte cerimonial dos animais do sacrifício, e faz parte do ritual da aliança. Essa cerimônia apontava para o sacrifício de sangue = que era a expiação no Antigo Testamento, que selava a Aliança. Hebreus 9:19,20; Gn 17.11; At 7.8
2.      A palavra grega para “aliança” também significa “um contrato”, “um testamento”.
a.       Colocando de uma maneira bem simples, a nossa aliança com Deus é o “TÍTULO DE PROPRIEDADE” de nossa herança. É um contrato, um acordo com implicação legal entre Deus e nós.
b.       Jesus nos comprou para Deus com seu sangue derramado na cruz do calvário: 1 Co 6.19,20; 1 Pe 2.9
c.        Eu pertenço, logo eu obedeço!
2)      O Poder da Aliança (Sangue é vida)
a)      O Sangue liga o mundo físico ao mundo espiritual, o temporário ao eterno.
       1.      Através do sangue de JESUS foi estabelecida uma dimensão espiritual e eterna de relacionamento com o pai.
        2.      Satanás também conhece o poder de uma aliança e por isto tenta estabelecer pactos com as pessoas envolvendo o sangue.
a.      Através de relações sexuais ilícitas, feitiçarias a preço de sangue, abortos, suicídios, homicídios, (cortes em dedos ou pulsos como pacto), etc. O diabo é mentiroso, imitador, enganador, sedutor; veio para matar, roubar e destruir.
b.      É desta forma que pessoas se “unem” com ele (Satanás), podendo comprometer, inclusive, sua descendência.
c.       Este é um dos princípios espirituais para se abrirem “brechas” e estabelecer um canal com o “mundo espiritual regido pelos demônios”.
3)      Existem dois pactos de sangue que biblicamente podemos e devemos fazer.
a)      COM DEUS = Reconciliação com Deus através do sangue de Jesus derramado na cruz do calvário.
b)      COM O CÔNJUGE = No casamento o pacto de sangue é inaugurado através do rompimento do hímen da mulher na noite de núpcias, tornando homem e mulher uma só carne, uma só alma.
1.      Além da questão do hímen, cada relação sexual também configura um pacto de sangue devido ao mútuo rompimento microscópico de vasos sanguíneos - gotículas de sangue são trocadas.
a.      É por esta razão que as doenças sanguíneas são sexualmente transmissíveis.
b.      Este compartilhamento de sangue configura uma ligação especial e espiritual entre almas.
2.      Sexo fora do casamento estabelece pacto (aliança) com espírito de imoralidade e prostituição, ficando espiritualmente vinculados entre si através de demônios.
3.      No adultério, a cama do casal é invadida por entidades demoníacas que destroem e matam o relacionamento matrimonial, trazendo perturbações para a família.
a.      Os filhos ficam desprotegidos moralmente e susceptíveis a abusos sexuais e envolvimentos imorais.
c)      A bênção da aliança foi reservada apenas ao corpo de Cristo e a família
1.      Princípio básico da aliança
a.      Tudo o que é gerado no contexto de uma aliança está abençoado e vai prosperar.
b.      Tudo o que é gerado fora da aliança torna-se desprotegido e susceptível a uma série de infortúnios, penalidades ou maldições. (Gn 4.11)
4)      Alianças espirituais precisam ser renovadas
a)      1 Co 11.24-19; Hb 10.25
b)      1 Co 7.5 Igualmente, uma vida sexual sadia e contínua no casamento asseguram a afinidade emocional e a harmonia espiritual do casal.
1.      Nossa vida conjugal está casada com nossa vida espiritual (1 Pe 3.1,27).
2.      O sexo no casamento é uma renovação da aliança.
5)      Conclusão
              a) Aliança está ligada a altar = lugar de sacrifício = lugar de morte = sangue

COM QUEM VOCÊ ESTÁ ALIANÇADO?

              b)  Em Jesus tempos um novo e vivo caminho, então:
1.      A iniquidade precisa ser confessada e alianças, fora da presença de Deus, precisam ser renunciadas, para que se interrompam o pacto espiritual com demônios.    

O Verdadeiro Adorador está aliançado com Deus, em Jesus!

Pra Nadyege Macário
Projeto Edificando Adoradores
E-mail: nadyegemacario@gmail.com

quinta-feira, 31 de março de 2016

Comprados Por Alto Preço



Ministração realizada no Retiro Espiritual da Igreja Evangélica Aliança, em Itabuna, Bahia - 2016



quarta-feira, 30 de março de 2016

INTIMIDADE RESTAURADA


Crer em Deus não é o mesmo que conhecê-lo.

Oséias 6.3
=> "Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra".
A palavra conhecer no hebraico (Yada) é usada para um relacionamento íntimo, contínuo. 
Conhecer não é um encontro casual, não é uma relação de mão única, não é conhecer de ouvir falar; conhecer é  ter um relacionamento pessoal, confidencial, contínuo e íntimo (onde os segredos são revelados).
Pois o Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança (Sl 25.14)
A pergunta que faço, então, é: Você realmente conhece a Deus?
Ele deseja revelar-se a nós, mas será que realmente estamos interessados em conhecê-lo ou somente temos interesse nas bênçãos que Ele pode nos oferecer?
A MEDIDA QUE CONHECEMOS DEUS MELHOR, NÓS MUDAMOS. SOMOS TRANSFORMADOS, CURADOS, LIBERTOS DE NÓS MESMOS E NOS TORNAMOS MAIS PARECIDOS COM ELE, pois a bíblia nos afirma que aquele que se une a Deus é um só espírito com Ele" (1Co 6.17).

A intimidade com Deus está intrinsecamente ligada ao Espírito Santo.
1 Coríntios 2.9,10 => Todavia, como está escrito: "Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam; mas Deus o revelou a nós por meio do Espírito. O Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as coisas mais profundas de Deus".
Através de Jesus Cristo Deus nos resgatou para a salvação e nos deu a possibilidade de ter a nossa intimidade com Ele restaurada.
Você está disposto a ter encontros reservados com Deus?
Então essa é sua oportunidade: renda-se a Ele e o adore, abra o sue coração e permita o Espírito Santo conduzir você para a sala do Trono.

Deus o abençoe nesta caminhada de profunda intimidade com Ele, onde você se fortalecerá e será transformado de glória em glória! 

Pra Nadyege Macário
nadyegemacario@gmail.com

segunda-feira, 23 de junho de 2014

DE QUAL ÁRVORE VOCÊ ESTÁ SE ALIMENTANDO? Parte 6 - Uma Vida Abundante e Plena (última)



O seu relacionamento com Deus, através de Jesus, com a ajuda do Espírito Santo, determinará o seu futuro. Portanto, aprender andar no Espírito requer obediência, separação (consagração), comunhão e oração.

“Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos. Não ofereçam os membros dos seus corpos ao pecado, como instrumentos de injustiça; antes ofereçam-se a Deus como quem voltou da morte para a vida; e ofereçam os membros dos seus corpos a ele, como instrumentos de justiça. Pois o pecado não os dominará, porque vocês não estão debaixo da lei, mas debaixo da graça. E então? Vamos pecar porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De maneira nenhuma! Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça?” - Romanos 6:11-16



Quando tomo consciência que meu espírito está unido ao Espírito de Deus (1 Co 6.17); que a vida de Jesus está em mim, através do Espírito Santo de Deus; e, que Ele deseja que sejamos um com Ele, como Ele é com Deus (Jo 17.1-25), desejaremos  e sentiremos necessidade de passar tempo com Ele, de conhecê-lo melhor (v 3.25.26), de obedecer a sua palavra (v.6) e aceitá-la como verdade, crer e viver a verdade desfrutando da vida abundante e plena que Ele proporcionou para nós na cruz do calvário (v.8). 
Ao ter a vida de Deus viva dentro de mim eu entendo que sou servo e um intercessor (v.9,12,15); que sou pleno em Cristo Jesus (Cl 1. 19; 2.9); que sou um profeta de Deus para proclamar o Reino dos Céus (Jo 17.20,21); que nasci para o louvor da Sua glória (v.22) e sou coroa da criação de Deus.
Logo: Sou abençoado, pois tenho Zoé – Vida de Deus em mim, através de Jesus!

Conclusão: Assim como a árvore da VIDA (Zoé) estava disponível para Adão, JESUS (nosso Zoé) Está disponível para todos que o reconhecerem como Filho de Deus e o fizerem Senhor de sua vida (psique) para ter vida plena e abundante (ZOÉ).

Pra Nadyege Macário

Deixe aqui suas perguntas e comentários

domingo, 15 de junho de 2014

DE QUAL ÁRVORE VOCÊ ESTÁ SE ALIMENTANDO? Parte 5 - Aprendendo Andar Pelo Espírito

No início deste estudo falamos que ao escolhermos não viver a vida que Deus deseja para nós o curso da nossa vida (nossa vida diária) será dirigida pelo nosso “psiche” (vida da alma), podendo ser submetida ao domínio de satanás. Falamos também que precisamos crucificar o nosso “eu” e fazer morrer nossa velha natureza porque somente a morte libera a vida. Falamos também que enquanto nós não entendermos que a nossa a natureza pecaminosa precisa morrer em Cristo, a nossa vida almática (“psiche”) continuará no controle do curso da nossa vida (“bios”). Logo,  precisamos deixar de viver uma vida almática para vivermos a vida que Deus preparou pra nós, através de Jesus.
O primeiro passo dado para obter este sucesso foi tratar as feridas da alma, onde mostramos como satanás nos persegue, nos ataca, aprisiona e traz limitações (Sl.143:3,4) para o ministério, para a vida profissional e familiar.
Hoje vamos tratar do segundo passo: Aprendendo a Andar no Espírito.
Na primeira carta aos Coríntios (1 Co 2.9-16), Paulo nos fala que não recebemos o espírito do mundo mas o Espírito procedente de Deus, para que possamos entender as coisas que Deus nos dá gratuitamente em Cristo, que através do Espírito de Deus possamos interpretar verdades espirituais para os que são espirituais e que aqueles que não têm o Espírito não aceitam as coisas que vem do Espírito e não são capazes de entende-las porque elas são discernidas espiritualmente e são loucura para o homem natural, ou seja, para aquele que não tem o Espírito de Deus.
Pensar nas coisas do alto (Cl 3.1-10); se importar com o que Deus se importa (Gl 5.22-26); não se ofender mais (morto não se ofende, não revida - Mt 5.39; Lc 6.29) e falar a linguagem do sobre natural (Mt 18.18; At 1.8) são passos que damos para aprender andar pelo Espírito, pois somente andando pelo Espírito seremos canal do fluir do Espírito Santo de Deus, ou seja, a vida de Deus dentro de mim será derramada  àquelas pessoas que estiverem ao meu redor (Mt 28.18-20).

Pra Nadyege Macário

Deixe aqui suas perguntas e comentários

Continua....

segunda-feira, 9 de junho de 2014

DE QUAL ÁRVORE VOCÊ ESTÁ SE ALIMENTANDO? Parte 4 - Passos Importantes para receber a cura



O Primeiro passo para receber a cura é: reconheça que você precisa de cura, que Deus pode curar e que você precisa entrar em contato com as lembranças dolorosas colocando para fora os seus traumas, quer seja através da fala, do choro ou através do grito intenso preso no peito, se isso for necessário.
O segundo passo é perdoar aquele que o feriu, o maltratou, o ofendeu, o humilhou, o defraudou e abusou de você.
Perdoar, no dicionário hebraico significa deixar livre, soltar, liberar, despedir, mandar embora, atribuir um favor incondicional àquele que nos feriu.



“Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas". Mateus 6:14-15.
"Então o senhor chamou o servo e disse: ‘Servo mau, cancelei toda a sua dívida porque você me implorou. Você não devia ter tido misericórdia do seu conservo como eu tive de você? 'Irado, seu senhor entregou-o aos torturadores, até que pagasse tudo o que devia. 'Assim, também, lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração as ofensas do seu irmão'". Mateus 18:32-35.

Enquanto não perdoarmos os nossos ofensores não conseguiremos viver a vida abundante que Cristo conquistou na cruz por nós.
A nossa vida estará atrelada a dor do passado e poderá nos trazer consequências sérias a nossa saúde emocional, física e espiritual pois não romperemos como deveríamos romper em nosso ministério, trabalho e em nossa vida familiar.
O aposto Paulo nos fala (em 2 Co 2.10-11) que Satanás alcança vantagens sobre nós quando não perdoamos. Não podemos esquecer que o perdão é a chave para termos vida abundante e plena, pois seremos perdoados por Cristo como nós perdoamos aos nossos devedores (Mt 6.12).
Você sozinho talvez não tenha forças suficientes para liberar o perdão, mas sob a força e poder de Deus você conseguirá.
Peça o socorro DELE para que você consiga perdoar com o perdão que vem do alto e não com o seu perdão.
Depois de liberado o perdão a melhor forma para que mágoa saia de dentro de você é orar pelo seu ofensor. Isso trará paz ao seu coração, embora não seja instantâneo, mas em cada dia de oração por seu ofensor o Espírito Santo acrescentará paz em seu coração e vida de Deus para ser vivida por você!




Pra Nadyege Macário

Deixe aqui suas perguntas e comentários

Continua....

quinta-feira, 5 de junho de 2014

De Qual Árvore Você Está se Alimentando? PARTE 3 - Tratando as Feridas da Alma

Tratando as feridas da alma
A palavra nos diz que o inimigo nos persegue, nos ataca na alma, nos aprisiona e nos traz limitações (Sl.143:3,4). E com essas limitações não rompemos como deveríamos romper no ministério, na família, no trabalho e conosco mesmo (Jo 14.12,13) .
Muitas são as causas das feridas na alma: Maus tratos, rejeição, agressão física, psicológica, abuso sexual, etc.
Maus tratos, rejeição e agressão física ou psicológica costumam deixar marcas na autoestima da pessoa: A vítima acha que tem algo de errado com ela própria, se sente descartável, desprezada e diminuída. 
As consequências são diversas e o aniquilamento, por muitas vezes, é profundo. A raiva de si mesma, dos outros ou do mundo faz parte da vida daquele que sofreu tais ações. 
A mágoa, autoestima baixa, dificuldade no relacionamento afetivo e a repetição das ações sofridas também é uma realidade vivida.
A vítima do abuso sexual traz pra si sentimentos de culpa, nojo de si mesma, hostilidade, dificuldade em relacionar-se (com pessoas e no casamento), vergonha, desvalorização de sua imagem, baixa autoestima, distorção da imagem corporal e de identidade, dificuldade de aprendizagem, insônia, medo de dormir e autodestruição inconsciente. 
As consequências avassaladoras causadas pelo abuso sexual revelam-se através dos desvios sexuais tais, como: exibicionismo, narcisismo, bestialismo, homossexualismos e pedofilia.
Essas e outras feridas precisam ser tratadas e fechadas para que a pessoa vitimada possa romper e, ao mesmo tempo, acontecer o desabrochar da vida de Deus dentro de si.
Há dois passos importantes para o recebimento da cura.
CONTINUA...
Pra Nadyege Macário

                  Deixe aqui suas perguntas e comentários